Extinção da empresa individual de responsabilidade limitada – EIRELI

Foi publicada dia 27/08, no Diário Oficial da União, a Lei nº 14.195 de 2021, que dentre outras alterações, prevê o fim da modalidade de Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI).

A referida lei, em seu artigo 41, prevê que as EIRELI serão transformadas automaticamente em sociedades limitadas unipessoais (SLU), independentemente de qualquer alteração em seu Contrato Social, a partir da data de vigência da Lei, ou seja na data da sua publicação em 27/08/2021. Na SLU não é obrigatório ter dois sócios para ser constituída, e não exige um valor mínimo de capital social, bem como separa o patrimônio pessoal do único sócio do patrimônio da SLU.

A Lei prevê também que o DREI deverá publicar um ato para disciplinar a transformação das EIRELI em SLU.

Rememorando que, a EIRELI foi criada pela Lei 12.441 de 2011, e era a única possibilidade de constituição de empresa por único sócio. No entanto, a EIRELI exigia a integralização de capital de 100 salários-mínimos já no momento da constituição da empresa, o que era um entrave em muitos casos.

Em 2019, a EIRELI deixou de ser uma opção para muitos empresários, tendo em vista a possibilidade de constituição de sociedade limitada com único sócio, que não trazia qualquer exigência de capital mínimo para constituição.

A equipe do Briganti Advogados está acompanhando a regulamentação pelo DREI, e se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários sobre o tema.

Publicações relacionadas

Guia Orientativo De Proteção De Dados Pessoais É Publicado Pela ANPD

No mês de outubro de 2021, dando sequência ao seu papel de regulamentar a Lei nº 13.709/2018, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), a ANPD – Autoridade Nacional de Proteção de Dados, publicou um guia orientativo sobre tratamento e proteção de dados pessoais para empresas de pequeno porte bem como um checklist de medidas de segurança para que essas empresas possam, passo a passo, adequarem-se ao marco regulatório que é a LGPD. Desde a publicação da Lei, ainda no ano de 2018,…

Briganti Advogados anuncia escritório em Paris e inaugura Desk França em São Paulo

Escritório busca repetir na França a experiência bem-sucedida com Desk Espanha A banca paulista Briganti Advogados anuncia hoje (7) a abertura de um escritório em Paris e seu novo sócio Rodrigo Loureiro, co-presidente da Comissão Franco-Brasileira da Ordem dos Advogados de Paris.  O advogado conduzirá o novo escritório pessoalmente na capital francesa, onde reside e dedica sua carreira jurídica desde 2011, notadamente em grandes escritórios americano e francês. O plano de expansão tem o objetivo de assessorar empresas nacionais e francesas, em transações internacionais, com…

Entrada na OCDE deve abrir Brasil ao mercado internacional, inclusive de escritórios de advocacia

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aprovou o roteiro de adesão para que o Brasil ingresse no grupo. A OCDE é constituída por países de diferentes continentes com variados níveis de desenvolvimento econômico. Nessa perspectiva, quando concretizado os passos para se tornar efetivamente membro, a tendência é o mercado brasileiro se abrir internacionalmente em vários setores. O nosso sócio responsável pelo French Desk, advogado e copresidente da Comissão Franco-Brasileira da Ordem dos Advogados de Paris, Rodrigo Loureiro, em matéria para o jornal O…